Como gerenciar adequadamente a equipe

O sucesso de qualquer organização sempre depende diretamente de seus funcionários. Ou melhor, a partir de uma boa compreensão da gestão e dos subordinados. Uma tarefa difícil recai sobre os gestores: gerenciar o pessoal de forma a motivá-los a alcançar um objetivo comum, a proporcionar um ambiente de trabalho amigável para a equipe. Então, como deve ser estruturado o processo de gestão para que todos os funcionários, da faxineira ao chefe executivo, trabalhem pelo bem da empresa?

As principais regras do líder
A gestão de pessoal é uma ciência completa. 90% do sucesso de uma organização depende da liderança. Motivação adequada e definição clara de objetivos são a base de um trabalho de alta qualidade. Para uma gestão eficaz de pessoal, um funcionário administrativo precisa, antes de tudo, lembrar uma série de regras:
Princípios da empresa. Devem ser compreendidos por todos os funcionários, independentemente de sua função. E o gerente deve ouvir as opiniões dos funcionários, principalmente em situações problemáticas. Não, isso não significa que as decisões globais precisam ser feitas por toda a equipe em uma mesa redonda! O fato é que cada funcionário soluciona certos problemas todos os dias, independentemente de fazer cópias de documentos ou conduzir negociações importantes com clientes. Se todos conhecem claramente os princípios da empresa, entendem o propósito de suas ações, o gerente pode ter certeza de que as decisões certas serão tomadas corretamente em todos os níveis.
Trabalho em equipe. A equipe precisa ser motivada para uma cooperação amigável. A gestão de funcionários deve ser construída de forma que cada funcionário da empresa não esteja sintonizado com suas próprias realizações, mas todos juntos para cumprir uma meta definida.
Separação de responsabilidades. O chefe de uma grande empresa é simplesmente fisicamente incapaz de controlar todos os processos. É necessário nomear pessoas responsáveis ​​por vários assuntos.
A iniciativa não é punível. Qualquer negócio em crescimento requer novas ideias. É necessário dar aos colaboradores a oportunidade de expressar suas ideias, de participarem da implantação de um novo negócio. E lembre-se de que todos têm o direito de cometer erros.
Consciência. Caso o gestor não queira que surjam boatos, ignore suas instruções, então vale a pena levar ao conhecimento da equipe informações sobre o real estado de coisas da empresa. Então, a equipe tomará decisões mais eficazes.
Não existem insubstituíveis. Isso deve ser mantido em mente ao gerenciar o pessoal. Não é necessário destacar subordinados específicos e informar a toda a equipe que o trabalho "parará" sem eles. Valorize todos os funcionários, não se concentre em uma pessoa.
Metodologia comprovada. A gestão de recursos humanos requer estabilidade. Não é necessário transformar seus subordinados em cobaias, testando-os com as últimas tendências de gestão. Eles funcionam bem onde é confortável trabalhar.
Disciplina. Apesar da regra anterior, a organização deve ter disciplina e regras de conduta rígidas.

E com uma declaração específica de metas e objetivos, a motivação certa, uma atitude humana - um excelente trabalho feito em pouco tempo, relações amigáveis ​​entre os funcionários e uma atitude de confiança em si mesmo.